• Valéria Rossato

Orientações sobre melasma


O melasma é uma doença de pele onde ocorre o surgimento de manchas escuras, marrons, principalmente no rosto. É mais frequente em mulheres (90% dos casos) mas ocorre em homens também. Muito associada com exposição solar e gestação, tem também outros fatores envolvidos como genética, cor da pele mais escura, uso de anticoncepcionais orais e outras medicações.

A radiação ultravioleta tem papel fundamental na doença, pois estimula os melanócitos (células que produzem a melanina, o qual é o pigmento que da a cor escura) a liberarem a melanina para o resto da pele. Mesmo em pacientes que trataram direitinho e melhoraram, as vezes uma simples exposição ao sol pode fazer retornar tudo! Por isso é tão importante que o paciente entenda que é um tratamento crônico e que você tem papel crucial na melhora da sua pele neste aspecto.

Hoje sabe-se que não é apenas os raios ultravioletas que causam o melasma, a luz visível também tem um papel. Então lâmpadas em casa e luz do computador também contam.

Algumas orientações que eu sempre dou para os pacientes:

  • Não adianta negar para si mesma, não pode se expor ao sol. Não adianta dizer que passa protetor solar se você ficar 2h deitada no sol do meio dia. Usar sempre chapéu e óculos e tentar ficar o máximo na sombra. Se você se expor a muito calor, pode usar água termal, dar umas borrifadas.. pois o calor também pode intensificar a doença.

  • O protetor solar será um aliado seu no dia a dia. Você deve usar sempre uma cobertura com cor por cima do protetor, pode ser filtro com cor ou então filtro sem cor e sua base por cima. A cor protege dos raios de luz visível, enquanto o filtro com FPS protege dos raios ultravioletas principalmente. O certo seria reaplicar a cada 2-3h, sabemos que isso é difícil, então confiamos que você fará o que for melhor para sua rotina mas pelo menos de manha e depois do almoço ok?

  • Vamos sempre preferir um FPS acima de 50-70.

  • Siga corretamente a rotina dos cremes e limpeza prescritos. Seu tratamento poderá ser alterado a cada 4-6 meses ou dependendo da estação do ano.

  • Alguns cremes, principalmente os noturnos, podem causar certo desconforto e descamação no inicio do tratamento. Se for muito intenso, fale com seu dermatologista para averiguarmos se é necessário ou não trocar.

  • Uma associação de procedimentos as vezes é necessária, então dependendo dos resultados podemos precisar associar sessões de peeling, luz intensa pulsada ou outras tecnologias.

  • Medicações via oral vem surgimento com bons resultados. Sempre associados aos cremes corretos. Alguns destes medicamentos possuem efeitos colaterais importantes, por isso sempre converse conosco se tiver alguma dúvida.

  • Existe também muita mentira e enganação na internet, empresas tentando vender a todo custo seu produto. Vamos sempre nos basear em evidencias cientificas com validade.

Estaremos a disposição para maiores esclarecimentos sempre que necessário!

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

©2020 por VR Dermatologia. Orgulhosamente criado com Wix.com