• Valéria Rossato

Como funciona a radiação solar?

A radiação emitida pelo sol é dividida em três principais tipos:

- A radiação visível correposnde a 42% da renergia da emissão solar é o que nós humanos conseguimos ver. Contém a energia adequada para ser aproveitada pela fotossíntese.

- A radiação ultravioleta, a mais estudada no campo da dermatologia, representa 9% da energia total. Tem menor comprimento de onda que a luz visível e não conseguimos ver. É uma radiação energética e, portanto, capaz de provocar a ruptura de certas ligações químicas, levando à desorganização das moléculas, por isso tão importante para nós.

- A radiação infravermelha corresponde a 49% da energia emitida pelo Sol, e seu comprimento de onda é maior do que o da luz. Também não conseguimos ver. Tem pouca energia e só produz agitação térmica, isto é, produz calor.


Vamos entender um pouco mais da Radiação Ultravioleta (RUV). Ela é dividida principalmente em raios UVA, UVB e UVC. Os raios UVC são extremamente energéticos, tem um comprimento de onda de 100-280 nm, seriam extremamente danosos para a vida humana e ficam retidos na camada de ozônio. Os raios UVB tem um comprimento de onda um pouco maior, de 290-320nm aproximadamente, chegando portando à nossa superfície. Porém, 95% deles ainda ficam retidos pela atmosfera, ainda bem, porque esses 5% são os principais responsáveis pelo envelhecimento cutâneo, pelas queimaduras e pela carcinogênese. Os raios UVA tem comprimento de onda maior, de 320-400nm e a grande maioria deles chegam a superfície da terra. tem participação no envelhecimento cutânea, nas fotodermatoses e na hiperpigmentação (bronzeado imediato e persistente).





A pele é o órgão humano mais acessível à luz solar, sofrendo diretamente os efeitos deletérios. No Brasil, em 2010, tivemos 114 mil casos de câncer de pele não-melanoma (cancer de próstata foram 52mil, cancer de mama 49 mil casos... Além dos danos da radiação ultravioleta, estudos vem cada vem mais demonstrando os efeitos nocivos da luz visível e da luz infravermelha também.


Além da carcinogênese e da hiperpigmentação (manchas, bronzeado, melasma..), os raios UV também são responsáveis por imunossupressão (ex: ativação de herpes labial), ativação de reações adversas a medicamentos e doenças especificas associadas a radiação (como erupção polimorfa a luz, prurigo actinico, urticária solar, dermatite crônica actinica..).


Qual melhor filtro solar usar para proteger de todos esses fatores? A partir de que idade? Nos próximos posts explicarei sobre o uso de filtro solar na infância e nos adultos.



#protetorsolar #radiaçãosolar #sol #cancerdepele

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

©2020 por VR Dermatologia. Orgulhosamente criado com Wix.com